Medicina Tradicional Chinesa

Médicos:

A Medicina Chinesa (MTC) fundamenta-se numa estrutura teórica sistemática e abrangente, de natureza filosófica. O diagnóstico na MTC é a herança deixada pelos antigos médicos chineses, que através dos tempos foram melhorando a anamnése, ultrapassando algumas dificuldades e legando o seu saber ás gerações vindouras.
Segundo a MTC, além do corpo físico, possuímos canais de energia, que quando têm a sua circulação interrompida seja por bloqueio ou obstrução (causados por stress, má alimentação, sedentarismo, entre outras causas), geram desequilíbrios para o corpo, também conhecido como doença no ocidente.
Geralmente, quando vamos ao médico e relatamos os sintomas que sentimos (uma dor de cabeça, por exemplo), é-nos dada uma medicação para aliviar os sintomas e não é investigado o real motivo que originou esta dor. Já na MTC, este sintoma serve como ponto de uma investigação minuciosa para descobrir qual o motivo que gerou o desequilíbrio, ou seja, somos analisados como um todo.
Depois desta análise detalhada do indivíduo, o especialista em MTC irá realizar um tratamento de acordo a necessidade do utente, podendo utilizar algumas terapias como:

O terapeuta também poderá recomendar uma dieta específica e alguns exercícios terapêuticos chineses, mais conhecido como Qi Gong.

A Organização Mundial da Saúde lista mais de 40 doenças em que há óptimos resultados com a utilização desta MTC, das quais se podem destacar:

  • Recuperação de AVC
  • Depressão
  • Enxaqueca
  • Gastrite
  • Artrite
  • Psoríase
  • Colon irritável
  • Sinusite
  • Problemas intestinais
  • TPM (tensão pré-menstrual)
  • Fertilidade
  • Rinite
  • Auxilia no emagrecimento
  • Dores nas costas
  • Insónia
  • Dores musculares
  • Melhor qualidade de vida em pacientes com Fibromialgia e outras doenças auto-imunes.